Viva momentos extraordinários na pele de um fotógrafo submarino!

A biodiversidade excecional da lagoa de Mayotte, uma das mais bonitas do mundo, oferece a Gabriel Barathieu a possibilidade de fotografar uma grande variedade de fauna e flora aquáticas, como as mantas, tartarugas marinhas e golfinhos, presentes o ano inteiro nas águas de Mayotte.

Peixe-palhaço

Detalhe de uma lula à noite.

Detalhe de uma lula à noite.

Zoom nos dentes de um peixe-porco-de-riscas-laranja. Estava escondido num buraco e não conseguia sair. Aproveitei para fotografar os detalhes da sua boca.

Papa-tabaco, um peixe que parece ter saído de um filme de terror. Enterrado na areia, ele espera que uma presa passe à sua frente para devorá-la!

Papa-tabaco, um peixe que parece ter saído de um filme de terror. Enterrado na areia, ele espera que uma presa passe à sua frente para devorá-la!

Detalhe de um coral mole à noite.

Uma moreia gigante numa fenda em Sada, em Mayotte. É uma das maiores moreias, que podem atingir 2,50 m de comprimento e cerca de 35 cm de diâmetro. Esta media 1,50 m aproximadamente. Estava a ser limpa por um bodião-limpador e camarões.

Caranguejo-arlequim e pepino-do-mar. Uma relação simbiótica entre os dois animais.

Caranguejo-arlequim e pepino-do-mar. Uma relação simbiótica entre os dois animais.

Fotografia de uma tartaruga, quase fora da água, depois do pôr do sol. As cores do céu ainda são quentes e vivas. Quando a tartaruga sobe para respirar, é um momento único para tentar tirar esta fotografia, bastante difícil.

Peixe-palhaço com uma anémona-do-mar azul.
É a primeira vez que vejo uma anémona azul. Fotografia tirada em Sada, em Mayotte.

Peixe-palhaço com uma anémona-do-mar azul.
É a primeira vez que vejo uma anémona azul. Fotografia tirada em Sada, em Mayotte.

Uma bela moreia-pintada, junto à sua esponja.

Para mais informações: