Reviva os tempos antigos da Cidade Real de Loches

Inspiração

Gillard et Vincent/CRT Centre Val de Loire
© Gillard et Vincent/CRT Centre Val de Loire

Tempo de leitura: 0 minPublicado em 11 janeiro 2023

Assentada em um cume rochoso, a Cidade Real de Loches domina a cidade baixa e o Vale do Indre. Rodeada por muralhas, ela reúne uma residência real da Renascença e uma imponente torre medieval de 36 metros. Ultrapasse a entrada real para descobrir a beleza desse lugar.

Top 5 de experiências para viver na Cidade Real de Loches

1/ Pare um instante em frente à impressionante Porta Real do século XI. 2/ Suba ao alto da masmorra de 36 metros de altura e admira a vista. 3/ Visite todos os quartos do « Logis Royal », local de alta importância para a História da França. 4 / Descubra os afrescos e as gravuras realizados pelos prisioneiros da masmorra. 5 / Passeie pelo jardim de inspiração medieval.

A torre de Loches, antiga prisão real

Gillard-et-Vincent_CRTCentreVdL
© Gillard-et-Vincent_CRTCentreVdL

A impressionante torre de Loches se erige a 36 metros de altura. Construída aproximadamente no ano mil por Foulques Nerra, ela é um exemplo perfeito da arquitetura militar da Idade Média. Transformada em prisão real por Luís XI, ela só mudaria esse status no começo do século XX. O pavilhão de entrada, a passagem secreta, a sala de interrogatórios (local de tortura destinado a arrancar confissões dos acusados), a sala de grafite, as masmorras e o subsolo proporcionarão uma viagem no tempo, pelo universo carcerário da Idade Média! Experimente visitar o alto da torre para admirar uma vista espetacular. Perto da torre, o jardim de inspiração medieval contrasta com a austeridade da prisão de pedra. Suas pérgolas, seus bancos de gramado e suas sebes vivas são um convite a passeios sem destino.

A torre real, uma residência da Renascença

Gillard et Vincent/CRT Centre Val de Loire
© Gillard et Vincent/CRT Centre Val de Loire

A fachada em terraço da torre real de Loches, a residência preferida de Carlos VII, domina a cidade. Foi nesse lugar que Joana D’Arc o encontrou após a batalha de Orleans para convencê-lo a coroar-se em Reims. Alguns anos mais tarde, o castelo recebeu Agnès Sorel, a famosa “Dama da beleza” e favorita oficial de um rei da França, neste elegante aposento de estilo da Renascença. No primeiro andar, o oratório leva o nome de Ana da Bretanha, que costumava hospedar-se ali. As salas da torre real são ornadas com belas tapeçarias flamengas, armaduras e quadros. A poucos passos, o Colegiado de St Ours abriga a estátua de Agnès Sorel, conforme sua vontade quando estava viva.

Por Rédaction France.fr

A equipe editorial da France.fr segue as tendências e notícias do destino para falar sobre uma França que inova e revisita suas tradições. Histórias e talentos que fazem você querer (re) descobrir nossos territórios.

Ver mais