Nosso roteiros favoritos para percorrer a França de bicicleta (1)

Inspiração

Visitar a França e conhecer lugares como o Castelo de Chambord pedalando é possível graças às ciclofaixas como a da beira do Rio Loire
© - Visitar a França e conhecer lugares como o Castelo de Chambord pedalando é possível graças às ciclofaixas como a da beira do Rio Loire

Tempo de leitura: 0 minPublicado em 13 abril 2022

Se os dias ensolarados fazem suas pernas formigar com vontade de sair pedalando por aí, se prepare! No país do Tour de France, caminhos para isso não vão faltar. 22.800 km de ciclovias e corredores verdes, 5.500 km de roteiros turísticos regionais, 3.000 circuitos turísticos ou voltados para mountain bikes… um verdadeiro convite para pedaladas tranquilas em casal, em família ou e entre amigos. Seja no campo, seja ao longo de um canal, à beira-mar, em meio às parreiras de uva ou em montanhas, da região de Hauts de France à Côte d'Azur, da Bretanha à Alsácia, confira uma pequena seleção dos mais belos passeios pra descobrir a França de bike.

De Paris ao Monte Saint-Michel com a Véloscénie

Algumas pedaladas na Veloscénie antes de chegar ao Monte Saint-Michel, com saída de Paris.
© Un Monde à Vélo / La Véloscénie - Algumas pedaladas na Veloscénie antes de chegar ao Monte Saint-Michel, com saída de Paris.

Pedalar de Notre-Dame de Paris, ponto zero das rodovias francesas, até a esplêndida abadia construída no topo do Mont-Saint-Michel, atravessando o Vale de Chevreuse, as colinas do Perche e do Maine e as pastagens da Normandia… É possível sim! E é um grande espetáculo! São 450 km de História e alguns dos monumentos mais lindos da França, tais como o Castelo de Versailles e a sublime Catedral de Chartres. Em meio a muito verde e rodovias tranquilas, a Veloscénie é claramente uma das opções de passeios de bicicleta saindo de Paris. Vai no seu ritmo!

La Véloscénie

Do topo dos Alpes às margens do Rhône, em Auvérnia-Ródano-Alpes

Passeio de bike na ViaRhôna, a alguns quilômetros do centro de Lyon.
© WorldElse - Passeio de bike na ViaRhôna, a alguns quilômetros do centro de Lyon.

Com o Mont-Blanc no horizonte, os mais aficionados em esportes vão enfrentar os Alpes como se fossem ciclistas do Tour de France. Bicicletas elétricas não são proibidas, mas cuidado, na Rota dos Grandes Alpes não dá pra improvisar! Com uma trilha um pouco mais tranquila, a Auvergne e seus velhos vulcões exercitam as panturrilhas de leve. Antigas estradas de ferro transformadas em vias arborizadas como a Via Fluvia, entre o Rio Loire e o Rhône, e a Dolce Via, 90 km dentro de paisagens selvagens e naturais da Ardèche, fazem o dia de quem ama esse tipo de passeio. Partindo de Lyon, capital da região e da gastronomia, é possível acompanhar as margens do Rio Rhône ao longo da ViaRhôna. Não deixe de lado o trecho entre Vienne Condrieu e a reserva natural da Ilha do Beurre. Vestígios romanos, vinhedos do famoso AOC (nome de origem controlada) Côte-Rôtie e bosques que parecem ter saído dos contos de fada… São quilômetros deliciosos pela frente.

la ViaRhôna La Route des Grandes Alpes la Via Fluvia la Dolce Via la Voie Bleue

Entre os vinhedos e canais da região de Bourgonha-Franco-Condado

Passeio de bicicleta elétrica na rota dos vinhos Mâconnais, em Borgonha.
© Emilie Rolandez / BFC Tourisme - Passeio de bicicleta elétrica na rota dos vinhos Mâconnais, em Borgonha.

Para descobrir a Borgonha, seus vinhedos e seus Climas classificados desde 2015 como patrimônio mundial da Unesco, nada melhor que uma bela bike. Entre vinhas e canais, colinas suaves, cidades de arte e vilarejos conhecidos mundialmente, caminhos arborizados, bucólicos e ao longo das margens dos rios estão à disposição no Tour de Bourgogne. "Um itinerário como os outros"? De Auxerre à Dijon, o canal de Bourgogne é uma via de rei, um caminho azul infinito, 215 km de castelos, eclusas, cavernas e lugares inesquecíveis, tais como Alésia, o Arco de Pouilly e o verdejante vale de Ouche.

Visitar a região de Borgonha de bicicleta O Tour de Borgonha de bicicleta

Pedaladas revigorantes na Bretanha

De bike nas ruelas da Ilha dos Monges no departamento de Morbihan, na região da Bretanha.
© GangofMothers - De bike nas ruelas da Ilha dos Monges no departamento de Morbihan, na região da Bretanha.

Portos pequenos, grandes faróis, cabos, falésias, dunas, praias…Pedalar ao longo do litoral bretão é como receber uma lufada de ar fresco. Saindo de Roscoff, do Pays des Abers e do departamento de Finistère, dá pra pegar uma boa parte da Vélomaritime até o Monte Saint-Michel. Pelo litoral de granito rosa e os espetaculares cabos de Erquy e de Fréhel, a Bretanha abre o jogo. Mas ela também reserva grandes surpresas, no coração das terras, ao longo dos canais e antigas ferrovias convertidas em vias arborizadas. O Canal de Nantes-Brest, as casas floridas dos operadores das eclusas e os pontos de descanso em torno do Lago de Guerlédan fazem qualquer um se apaixonar, assim como o Canal d'Ille-et-Rance, a maneira mais bonita de chegar a Saint-Malo e Dinard tranquilamente.

La Vélormaritime Conhecendo os canais de bicicleta O Canal de Nantes-Brest

E para saber mais sobre itinerários, questões práticas ou temas comuns a várias regiões francesas, principalmente no que se refere a bicicleta e queijos

France Bicicleta e Turismo A marca Accueil Vélo Federação francesa de cicloturismo Bicicleta e queijos

Por France.fr

A revista do destino fala sobre uma França inesperada que revisita a tradição e cultiva a criatividade. Uma França muito além do que você imagina ...

Ver mais