10 cidades ecológicas e divertidas na França

Inspiração

Cultura e Patrimônio

Claudia / Adobe Stock
© Claudia / Adobe Stock

Tempo de leitura: 0 minPublicado em 20 junho 2023, atualizado em 12 junho 2024

Podemos cuidar do planeta nos divertindo, comendo produtos locais e preservando o meio ambiente. Existem vários projetos e iniciativas que estão ajudando a vida nas cidades a ficarem mais verdes. São fazendas urbanas, locais abertos , bairros ecológicos inovadores, festivais sustentáveis... O verão chegou e esse é o melhor momento para conhecer as novas alternativas de turismo sustentável.

Bordeaux se reinventa com o ecossistema Darwin

Em Bordeaux, o antigo quartel de Niel foi transformado em um amplo local que é ao mesmo tempo divertido e ecologicamente responsável.
© Sara Soulignac / Bordeaux tourisme - Em Bordeaux, o antigo quartel de Niel foi transformado em um amplo local que é ao mesmo tempo divertido e ecologicamente responsável.

Na margem esquerda do Garonne, Bordeaux, a elegante cidade de Nouvelle-Aquitaine, celebra o passado nas ruas do centro histórico. Na margem direita, a Capital Europeia do Turismo Inteligente 2022 olha para o futuro. Em um antigo quartel eco-reformado, o espaço Darwin é como uma grande praça da cidade: é um local aberto que abriga arte de rua e uma pista de patinação, espaços de coworking e um mercado de agricultores além uma fazenda urbana e, no Magasin Général, um dos maiores restaurantes orgânicos da França. Você pode aproveitar para aprender a consumir de forma diferente, consumindo produtos locais, incluindo a cerveja "made in Bordeaux". Se anima a ir? - Darwin - Climax Festival 2023 (de 1º a 3 de setembro, no coração do "ecossistema de Darwin")

Aix-les-Bains, música nos Alpes

Às margens do Lago Bourget e com os Alpes como pano de fundo, o Musilac é um dos festivais mais importantes da região de Auvergne-Rhône-Alpes.
© Aymeric Coissard / Aix-les-Bains Riviera des Alpes - Às margens do Lago Bourget e com os Alpes como pano de fundo, o Musilac é um dos festivais mais importantes da região de Auvergne-Rhône-Alpes.

Aix-les-Bains, em Savoie, fica aos pés dos Alpes e é um cenário perfeito para passeios sem pressa ao redor do magnífico Lac du Bourget. Em todas as estações, a Riviera des Alpes, um renomado resort à beira-mar, é o local ideal para os amantes do ciclismo (Aix-les-Bains recebeu o selo "Ville à Vélo" do Tour de France) e da natureza selvagem e intocada. Um ambiente excepcional que o Musilac, o evento musical do verão, tem o cuidado de respeitar. O maior festival de pop-rock da região de Auvergne-Rhône-Alpes é um exemplo de responsabilidade ecológica, sem plástico, sem lixo, e com o incentivo de boas práticas e ações ecológicas. Sim,é possível fazer isso! - Musilac Festival

Em Marselha, conheça o espaço Friche!

La friche Belle de Mai, em Marsella, na Provenza.
© JoYana / Office de tourisme et des congrès de Marseille. - La friche Belle de Mai, em Marsella, na Provenza.

La Friche de la Belle de Mai é um espaço de 45.000 m² no coração de Marselha, incluindo 8.000 m² de terraço onde as gerações se misturam e os estilos de vida de se reinventam em uma energia alegre. Nessa antiga fábrica de tabaco convertida em um local de arte e cultura, salas de espetáculos e concertos se misturam com Les Grandes Tables, um restaurante local e um mercado de produtores, cafés e um parque de skate, playgrounds, jardins, arte de rua e espaços de exposições que falam do passado ou imaginam o futuro ("Plasticocène", "Prendre la clé des champs")? Um lugar de vida efervescente como a própria cidade de Marselha, que fica ainda mais animada durante o Delta Festival realizado em agosto nas praias do Prado.

Nantes, uma viagem pela natureza na região do Vale do Loire

O Magmaa é um novo mercado que oferece produtos locais na ilha de Nantes, na região de Loire-Atlantique, combinando culinária sustentável e uma atmosfera festiva.
© Jinhui Kang / Le Voyage à Nantes - O Magmaa é um novo mercado que oferece produtos locais na ilha de Nantes, na região de Loire-Atlantique, combinando culinária sustentável e uma atmosfera festiva.

Nantes foi eleita Capital Verde Europeia em 2013 como a primeira cidade da França a receber essa distinção. A cidade tem uma rede de ciclovias, bairros ecológicos, a Petite Amazonie (a única área natural da Europa classificada como Natura 2000 no coração da cidade), paisagens e hortas comunitárias em canteiros de flores além de jardins públicos... A cidade dos Duques da Bretanha funciona em harmonia com o meio ambiente de um modo divertido e educativo. Ali está instalada a l'Agronaute, uma grande Fazenda Urbana com oficinas e campos de trabalho inclusivos, concertos e mercados de agricultores; o Voyage à Nantes, evento artístico de verão e sua cantina de baixo custo; ou Magmaa, a nova praça de alimentação localizada sob os antigos pavilhões da Alstom, onde são preparados pratos do mundo gastronômico com produtos produzidos localmeente. Em Nantes acreditamos nisso!

L'Agronaute Le Voyage à Nantes Magmaa

Lyon, bons tempos para a ecologia em Auvergne-Rhône-Alpes

Capital da Biodiversidade 2019, Lyon foi premiada por iniciativas como a recuperação das margens do Saône, que agora oferece aos caminhantes quilômetros de jardins aquáticos, prados naturais e até mesmo praias quando o tempo está bom. A partir do bairro ecológico de Confluence, a cidade multiplicou as experiências ecológicas e é possível participar de algumas delas como, por exemplo, visitar o HEAT, a cantina H7, um local que combina espaços de trabalho e salas de eventos. No cardápio há comida de rua feitas respeitando os ingredientes das estações a preços justos e razoáveis. Nuits Sonores, o festival de música que comemora seu 20º aniversário em 2023 (17 a 21 de maio), também faz parte desse movimento ao converter o HEAT, às margens do Saône,em um espaço público onde as pessoas dançam e ao mesmo tempo que incentiva, com seu NS Lab, a reflexão cidadã e as ações culturais militantes. Merece aplausos! - Heat - Festival Nuits Sonores (17-21 de maio de 2023)

Montpellier, salões e empresas na Occitânia

Em Montpellier, na região da Occitânia, o Halle Tropisme é o local ideal para compartilhar momentos de confraternização com os amigos.
© Marielle Rossignol - Em Montpellier, na região da Occitânia, o Halle Tropisme é o local ideal para compartilhar momentos de confraternização com os amigos.

O melhor da arquitetura e do design contemporâneos se instalou em Montpellier. Próximo ao Port Marianne e às margens do Lez, há um ambiente de vanguarda e também muito animado. No Marché de Lez, no lugar de antigas máquinas de impressão estão vários food trucks, vendedores de produtos de segunda mão, lojas de reciclagem, restaurantes, bares, terraços na cobertura, barracas de produtores locais e quadras de petanca que convidam você a se divertir e a comer bem. É um projeto feito em parceria com o Halle Tropisme , outro espaço de destaque, instalado nas antigas oficinas mecânicas da École d'Application d'Infanterie de Montpellier e concebido como uma vila de 10.000 m². Na programação, música e experimentos culinários, arte contemporânea, boates, debates e atividades como bricolagem, reciclagem e jardinagem. Vale a pena conhecer! - Marché du Lez - Halle Tropisme

Lille, olhando para o futuro na região de Hauts-de-France

Em Lille, na região de Hauts-de-France, o complexo de lazer Hall U Need oferece culinária ecologicamente responsável, uma ampla variedade de atividades de lazer e uma atmosfera acolhedora no terraço.
© halluneed - Em Lille, na região de Hauts-de-France, o complexo de lazer Hall U Need oferece culinária ecologicamente responsável, uma ampla variedade de atividades de lazer e uma atmosfera acolhedora no terraço.

A Capital Mundial do Design 2020 olha para o futuro e tem um grande apetite por tudo o que pode tornar a vida mais bonita. Para participar dessa efervescência cultural e artística, dirija-se à estação Saint-Sauveur, lar dos ousados nortistas com seus salões sempre lotados e o Bistrot Saint-So. Concertos e reuniões, exposições e intercâmbios, a metrópole de Lille está sedenta por mudanças, até mesmo nos cardápiso. A gastronomia pode ser apreciada no modo inusitado e local com o coletivo Mange Lille, uma reunião de chefs apaixonados e comprometidos que estão comemorando seu 10º aniversário em 2023 com uma série de eventos. Para uma introdução à comida saudável e sazonal, você também pode descobrir os novos locais gastronômicos e de lazer da cidade: Grand Scène, um templo de comida de rua local, e Hall U Need, um complexo gigantesco que combina uma série de atividades de lazer (boliche, karaokê, realidade virtual etc.) e cozinha saudável com 100% de desperdício zero.

Rennes, terra fértil na Bretanha

Em Rennes, na Bretanha, os momentos festivos e os produtos locais se encontram nos jardins do Basse-Cour, a antiga fazenda do Château de Prévalaye.
© Julien Mignot / Destination Rennes - Em Rennes, na Bretanha, os momentos festivos e os produtos locais se encontram nos jardins do Basse-Cour, a antiga fazenda do Château de Prévalaye.

Rennes está efetivamente acelerando o ritmo. Estão surgindo lugares e fazendas urbanas, combinando agricultura e cultura, alimentos e vínculos sociais, sempre de forma lúdica. Desde a primavera de 2021, La Ferme de Quincé vem adaptando as verduras da sua horta ao gosto dos clientes do restaurante e aos ritmos do programa musical. Na antiga casa de fazenda do Château de la Prévalaye, o Basse-Cour é um espaço de capacitação, difusão, bufê, residências artísticas e culinárias em um local dedicado à alimentação saudável e sustentável. Em dias ensolarados, seja bem-vindo à Guinguette, para compartilhar o mundo em boa companhia com belos pratos sazonais. Quanto aos festivais, as palavras de ordem também são criatividade e ativismo. Além da programação musical, Les Tombées de la Nuit (em julho) e os TransMusicales (em dezembro) envolvem o público em reflexões sustentáveis. Bravo!

Paris, a palmeira verde

O Hangar Y promete seduzir os sedentos por cultura e natureza com obras ao ar livre, restaurante gastronômico local eexposições, na floresta de Meudon.
© Maxime Delvaux - O Hangar Y promete seduzir os sedentos por cultura e natureza com obras ao ar livre, restaurante gastronômico local eexposições, na floresta de Meudon.

Em Paris e região, não faltam fazendas urbanas e espaços comprometidos com o meio ambiente e a economia sustentável. Existem até mesmo locais instalados em telhados, como o NU-Paris no 15º arrondissement e tudo indica que 2023 será um bom momento para este tipo de empreendimento. Por exemplo, na floresta de Meudon (acessível por ônibus e RER), o Hangar Y (um antigo hangar de aeronaves transformado em um espaço cultural e de eventos) receberá exposições sobre Arte, Ciência e Natureza a partir desta primavera, com uma trilha de arte ao ar livre e um restaurante de estilo campestre com produtos locais.

Mais urbano, mas igualmente espetacular, o antigo campus da Universidade de Censier, no coração de Paris, tornou-se um local de 25.000 m² onde se podem ver conferências, exposições, mercados, concertos e também se deliciar em um restaurante de alimentação sustentável e solidária.

O mesmo clima se pode encontrar em Bercy Beaucoup, um local no distrito de Bercy-Charenton (12º), que combina jardins compartilhados, uma loja de alimentos, um restaurante e noites agitadas na Boîte à Sardines, a menor discoteca do mundo!

Tours, muitas possibilidades no Vale do Loire

Os ciclistas na rota do Loire à vélo (Loire de bicicleta) não precisam ter pressa: ao sul de Tours, o parque ecológico Gloriette é um local natural de quase 200 hectares dedicado ao meio ambiente em todos os seus aspectos. Espaços educacionais, oficinas e concertos, um programa de eventos e atividades realizadas durante todo o ano convidam você a se tornar mais ecológico a apenas alguns quilômetros dos belos castelos do Loire. Em junho, não perca o Potager Electronique, um animado festival de música contemporânea que apresenta artistas e projetos emergentes em um ambiente incomum. Outro lugar que merece uma visita é Beaumonts, um vasto local instalado em antigos quartéis militares onde florescem iniciativas criativas, solidárias e ecológicas.

Por Pascale Filliâtre

Jornalista-viajante. Muitas vezes fui ao fim do mundo para encontrar o que a França oferece ... filliatre.pascale@orange.fr

Ver mais